Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Na mira do MPPB e TCE-PB: pré-candidata a prefeita de Cajazeiras, Socorro Delfino está sendo investigada por uso de certificado invalidado e recebimento de salário sem trabalhar

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público estão investigando a ex-secretária de Educação de Cajazeiras e pré-candidata a prefeita, Socorro Delfino, por suspeitas de usar um certificado de mestrado sem validade para aumentar seu salário de R$ 4.750,00 para R$ 16.626,00.

Além dessa acusação, ela está sendo investigada por outras denúncias enviadas pela Câmara Municipal de Cajazeiras, incluindo a de acumulação ilegal de cargos e recebimento indevido de pagamentos. Nessa denúncia, Corrinha Delfino é acusada de acumular ilegalmente os cargos de secretária de Educação de Cajazeiras e professora em Cachoeira dos Índios desde 2019, burlando o sistema de controle do Tribunal de Contas do Estado.

As denúncias repercutiram durante toda a semana, na imprensa paraibana, e se confirmadas as irregularidades, a ex-secretária poderá enfrentar várias punições, condenação penal, devolução de recursos recebidos indevidamente e responder por atos de desonestidade no exercício de cargo público.