Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Magda Chambriard vai substituir Jean Paul Prates no comando da Petrobras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva demitiu nesta terça-feira (14/05) o economista Jean Paul Prates da presidência da Petrobras e indicou a engenheira e ex-funcionária da estatal Magda Chambriard para substitui-lo.

A Petrobras anunciou em nota o “encerramento antecipado” do mandato de Prates “de forma negociada”. “O Sr. Jean Paul informou que, se e uma vez aprovado o encerramento indicado, ele pretende posteriormente apresentar sua renúncia ao cargo de membro do Conselho de Administração da Petrobras.”

Prates foi demitido pessoalmente por Lula na presença do ministro da Casa Civil, Rui Costa, e do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. Sua demissão já vinha sendo cogitada após uma série de desentendimentos com Silveira e com o próprio Lula, que inviabilizou sua permanência no cargo.

A polêmica dos dividendos extraordinários

Um dos casos que geraram descontentamento no governo foi a controvérsia em torno do pagamento dos dividendos aos acionistas da Petrobras, quando Prates contrariou a orientação do governo.

Em março, o Conselho de Administração da Petrobras decidiu reter o pagamento de todos os dividendos extraordinários – uma parcela do lucro da empresa que é repartida entre os acionistas. A decisão ocorreu após a divulgação do resultado do quarto trimestre de 2023 da empresa.

A diretoria da Petrobras propôs o pagamento de metade desses dividendos, mas, os representantes do governo no Conselho de Administração votaram contra a proposta, que acabou rejeitada. Prates foi contra a orientação do governo e se absteve na votação.

A retenção acabou sendo aprovada no início de março, o que fez com que o valor de mercado da Petrobras despencasse. Semanas depois, o governo recuou e aprovou a distribuição de 50% dos dividendos extraordinários em assembleia no fim de abril. A medida acalmou os ânimos do mercado e fez com que a estatal recuperasse o valor de suas ações.

Prates contestou o argumento de que não estaria entregando resultados com a velocidade desejada pelo governo e disse que Lula teria sido levado a demiti-lo em razão de “intrigas palacianas”.

Quem é Magda Chambriard

A nova presidente da Petrobras, Magda Chambriard, foi diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) durante o governo Dilma Rousseff. Ela trabalhou na Petrobras por mais de 20 anos e atua como consultora na área de óleo, gás e biocombustíveis.

Analistas a veem como tendo um perfil mais desenvolvimentista que seu antecessor, alinhado às ideias de Lula. Ela vê o setor petrolífero como o motor do desenvolvimento industrial. A indicada de Lula defende ainda a exploração de petróleo na Foz do Amazonas, também chamada de Margem Equatorial. O projeto vem gerando desentendimentos entre as áreas ambiental e energética do governo.

Chambriard será a sexta presidente da Petrobras em pouco mais de 3 anos.