Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Diretor do presídio de Cajazeiras é exonerado após operação que investiga esquema de corrupção 

O diretor do Presídio de Cajazeiras, Tales Alves de Almeida, apontado como envolvido em um esquema para liberar detentos com a manipulação de procedimentos legais e administrativos, foi exonerado do cargo. O ato foi publicado na edição desta sexta-feira (26) do Diário Oficial do Estado.

Uma operação que investiga suposto esquema de corrupção e favorecimento ilícito que afeta o sistema prisional e judiciário na região de Cajazeiras foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (25).

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, distribuídos em Cajazeiras, São José de Piranhas e Marizópolis.

Segundo informações preliminares, há indícios de uma organização criminosa que utilizaria diversas artimanhas para liberar detentos, especialmente membros de facções criminosas, com a manipulação de procedimentos legais e administrativos.

De acordo com as investigações, entre as práticas identificadas, estão as alegações de doenças sem embasamento ou com documentação falsa, visando a liberação temporária ou definitiva de presos.

Além disso, os suspeitos conseguiam reduzir, de forma fraudulenta, as penas baseadas em atividades educacionais e laborais supostamente realizadas por apenados.