Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Parecer do Gaeco é favorável a prisão domiciliar do padre Egídio

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), emitiu parecer favorável para que padre Egídio de Carvalho fique em prisão domiciliar. O pedido foi apresentado pela defesa diante dos problemas de saúde do padre.

“Em análise perfunctória da documentação anexada pela defesa, é possível verificar a existência de um quadro de saúde que merece cuidados além daqueles possíveis de serem prestados dentro da unidade prisional onde o acusado se encontra recolhido”, afirmam os promotores do Gaeco no parecer.

Conforme o último boletim médico, divulgado pelo hospital, o padre continua internado na UTI, evoluindo com o tratamento e com o quadro clínico estável.

Após o parecer favorável do GAECO, a defesa do Egídio aguarda a decisão final da Justiça da Paraíba