Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Com impasse judicial, Buega Gadelha deixa presidência da FIEP e transmite cargo para vice, José William Montenegro

A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, confirmou em nota publicada no seu site nesta sexta-feira (15), que o presidente Francisco de Assis Benevides Gadelha (Buega Gadelha) se afastou do cargo e deu posse ao vice-presidente, empresário José William Montenegro Leal, que assume interinamente a partir desta data, a presidência da instituição.

O afastamento de Buega se deu por determinação no pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região.

Confira publicação na íntegra

Nesse momento, os interesses da indústria paraibana são soberanos. José William é o diretor mais antigo da nossa entidade e eu tenho certeza de que ele conduzirá da melhor forma os próximos passos do Sistema. Eu, estarei cumprindo com minhas atribuições enquanto presidente do Sindicato da Indústria de Extração de Óleos Vegetais e Animais do Estado da Paraíba – Sindóleos/PB e também como diretor tesoureiro da CNI. Desta forma, carrego comigo a convicção de que a Federação das Indústrias da Paraíba tem um legado irrefutável para a indústria do nosso estado. Não receio afirmar que sempre estive à frente das lutas mais relevantes em prol do desenvolvimento e fortalecimento da indústria da Paraíba”, afirmou Gadelha. 

Na chapa eleita em setembro do ano passado para o quadriênio 2023-2027, o empresário da área da Construção Civil, José William Montenegro Leal, até então ocupava o cargo de vice-presidente para a Região Sindical de João Pessoa. Engajado nas lutas em defesa da indústria, José William é proprietário da Conserpa Construção, Conservação e Pavimentação Ltda. 

“O interesse maior é o interesse da Indústria. Estou sendo alçado ao cargo, cumprindo fielmente o nosso estatuto e durante este período, faremos o possível para que a gente possa melhorar naquilo que é necessário e unir forças, unir a entidade para que tenhamos uma federação forte, uma federação que pense a Paraíba, que pense os interesses dos paraibanos e possa fazer com que esta Casa e o nosso estado tenham cada vez mais uma projeção nacional”, afirmou José William.