Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Padre George defende transformação do Hospital Padre Zé em Fundação e mudança no estatuto com limite para mandato

O padre George Batista, novo diretor do Hospital Padre Zé há quase três meses, pretende transformar a estrutura da unidade hospitalar ainda no próximo ano. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM nesta segunda-feira (18), o padre George revelou que “o estatuto será profundamente reformulado”.

Diante de todas as investigações e auditorias que estão sendo feitas no Hospital Padre Zé desde que o escândalo de desvio de dinheiro público e doações foi revelado, o padre George disse que “toda semana você descobre novidades”. O padre George ainda ressaltou que “tem uma coisa que aprendi: A desorganização e a bagunça é uma estratégia para invisibilizar a corrupção”. 

Como acompanhou o ClickPB, o padre George destacou que estão sendo feitas reuniões periódicas com o Ministério Público, Ministério do Trabalho e outros órgãos para possibilitar a transformação do Hospital em uma fundação, que deverá prestar contas e responder pelos seus próprios atos. O estatuto da unidade de saúde, a ser transformada em hospital, deverá ser repensado e muitas mudanças devem acontecer, de acordo com o padre George.

O diretor do Hospital Padre Zé ainda ressaltou que “o portal de transparência estará pronto nos próximos dias”. O novo site deverá levar ao cidadão todas as informações de interesse público que sejam do Hospital Padre Zé.

Uma das principais mudanças que deve ser promovida no Hospital Padre Zé é a estimativa de tempo de mandato para a direção e equipe administrativa. “Não quero ficar ali 12 anos, não quero me perpetuar no poder. Acho que cinco anos está bom”, comentou o padre George, como acompanhou o ClickPB.

O padre George comentou ainda que convidou para a reformulação estatutária o promotor de Justiça Alexandre Jorge do Amaral Nóbrega, que atua na área do Patrimônio Público em João Pessoa e o desembargador Fred Coutinho, que é sobrinho-neto do Padre Zé, além de pessoas capacitadas que atuam no hospital.

Ainda durante a entrevista, o padre George explicou como tem conseguido honrar com os compromissos financeiros do Hospital Padre Zé: contando com o apoio de empresários e do próprio povo paraibano. Um empréstimo que havia sido feito durante a gestão do padre Egídio conseguiu ser suspenso após negociação com a Caixa Econômica, provocando um alívio momentâneo.

Fonte: clickpb