Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Concerto da Orquestra Sinfônica Jovem tem músicas de Natal e trilha sonora de cinema nesta quinta-feira (7)

Rascunho Automático

Oencerramento da temporada 2023 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba será uma noite especial, com músicas de Natal, brasileira e trilha sonora de cinema. O 9º concerto oficial será nesta quinta-feira (7), a partir das 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa, com regência do maestro titular da OSJPB, Luiz Carlos Durier, e participação do trompetista Estevão Constantini como solista. A entrada é gratuita.

O maestro celebrou as conquistas da orquestra neste ano. “A Temporada 2023 da OSJPB foi frutífera em todos os aspectos. O repertório rico e diversificado, execução de lindas obras de compositores vivos, estreia mundial de obra inédita, crescimento musical e artístico, experiência com diversos estilos musicais e, o mais importante, o desempenho dos integrantes”, destacou.

Durier explicou que, neste concerto, a orquestra fará uma retrospectiva com o repertório mais significativo e apreciado deste ano, incluindo trilha sonora de cinema. “Apresentaremos o talentoso solista Estevão Gomes Constantini da Silva, interpretando o Concerto para Trompete e Orquestra de José Guerra Vicente, importante obra do universo desse instrumento”.

Ele finalizou fazendo um convite ao público. “Será uma celebração pelo sucesso alcançado e pelas festividades natalinas. Encerraremos a noite tocando um pot-pourri de canções de Natal, se possível com canto em coro dos presentes. Nossa esperança se renova com as audições para Temporada 2024, cujo repertório com nove concertos já está pronto e será divulgado brevemente”, disse o maestro.

Este concerto de encerramento inicia com a execução de “Bojarenes Inntogsmarsj – Entrada Triunfal dos Boyardos Romenos”, do norueguês Johan Halvorsen, seguida pelo “Concerto para Trompete e Orquestra de Cordas (Allegro vigoroso)”, composição do português José Guerra Vicente, com o solista Estevão Constantini.

O público presente também vai conferir “Marcha sobre um Tema Russo, Op. 76”, de Alexander Glazunov; “Finlândia, Op. 26”, de Jean Sibelius; “Episódio Sinfônico – Cenas do Nordeste Brasileiro”, do maestro paraibano José Siqueira; “Rei Leão”, de Hans Zimmer, Elton John e Tim Rice (arranjo de Ted Parson), e “Um Festival de Natal”, do americano Leroy Anderson.

O solista – Estevão Gomes Constantini da Silva nasceu em Serra Talhada (PE) e iniciou seus estudos musicais aos 12 anos com Sérgio Mariano da Silva, depois na Banda Filarmônica Villa-Belense e na Escola de Música Israel Gomes (Carnaíba-PE). É bacharel em Música (Práticas Interpretativas em Trompete) pela UFPB e mestrando em Interpretação Musical, pela mesma instituição, e pós-graduado em Educação Musical pelo Instituto ProMinas, Universidade Única.

É professor de trompete no Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima), e trompetista do Sexteto Tabajara, Grupo de Metais Nordeste (UFPB), da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa e trompete solista na temporada 2023 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba.

Realizou concertos em várias orquestras na Paraíba, foi músico convidado da Banda Sinfônica José Siqueira (UFPB), Orquestra Filarmônica Jovem da UFPB, Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, Orquestra Sinfônica da Paraíba, Orquestra Sinfônica da UFPB, tendo atuado como solista convidado do VI Festival Internacional de Música de Câmara da UFPB.

Desenvolve trabalho e pesquisa camerísticos com alguns grupos de metais pela Paraíba e Pernambuco. É membro fundador do Grupo de Trompetes Pistons de Gafieira, da Musarte – Música para Cerimônias, do Festival de Trompetes UBIRANI (João Pessoa), Sexteto de Metais e Percussão dos Professores do Prima, e mais recentemente, criador da página de conteúdo para trompetistas no Instagram: Pistoníssimo.

O regente – O maestro Luiz Carlos Durier, paraibano de João Pessoa, é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba há 25 anos e foi regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba durante nove anos.

Concluiu o ensino superior de música nos cursos de Licenciatura e Bacharelado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e desde que chegou à Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), em 1991, lidera atividades de educação musical, ensinando Musicalização, Viola e Música de Câmara e Regência.

Na sua trajetória, Durier conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente, e ainda do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Regeu ainda apresentações de artistas populares com a Orquestra Sinfônica da Paraíba e Orquestra Jovem, a exemplo de Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos, Zélia Duncan, Zé Ramalho, Cátia de França, Nathalia Bellar, Chico César e Santanna, O Cantador. 

No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito do Rotary Internacional, pelo desempenho profissional na OSPB.

Entrada – Não é cobrado ingresso para os concertos da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba. Os idosos, cadeirantes e demais pessoas com dificuldade de locomoção têm entrada acessível na lateral da Sala de Concertos, ao lado do palco da Praça do Povo. Há também cadeiras especiais para esse público. O programa deste concerto ficará disponível na bio da página da OSPB no Instagram: @orquestra.ospb.

Serviço

Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba

9º Concerto Oficial da Temporada 2023

Regência: Maestro Luiz Carlos Durier

Solista: Estevão Constatini (trompete)

Dia: 7 de dezembro (quinta-feira)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, Espaço Cultural

Ingresso: Gratuito