Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

João destaca trabalho da Paraíba para atingir metas de coberturas vacinais em evento da Fiocruz

Joao Azevedo Ok Easy Resize.com 800x490

clvrclose

João Pessoa, 01 de dezembro de 2023 |  24ºC / 29ºC  Dólar 4.87 – Euro 5.31

ÚltimaHora

João destaca trabalho da Paraíba para atingir metas de coberturas vacinais em evento da Fiocruz

COMENTÁRIOS: 0
01/12/2023 às 16h03 

O governador João Azevêdo participou, nesta sexta-feira (1º), em João Pessoa, do encerramento do projeto “Pelas Reconquistas das altas coberturas vacinais”, liderado pelo Instituto Bio Manguinhos/Fiocruz, Programa Nacional de Imunizações (PNI) e Sociedade Brasileira de Imunizações (SBim). O encontro reuniu as instâncias federal, estadual e municipais e instituições parceiras para celebrar os avanços alcançados ao longo de dois anos de atuação.

O chefe do Executivo estadual ressaltou que a participação da Paraíba no projeto da Fiocruz foi fundamental para o compartilhamento de estratégias que visam a ampliação das coberturas vacinais. Ele também evidenciou que o estado tem se destacado na adesão das pessoas às campanhas de imunização.

“Esse projeto visou restabelecer a consciência coletiva sobre a importância da vacina para a população. Nós estamos trabalhando continuamente para ampliar os níveis de vacinação porque sempre tivemos um desempenho muito bom. Durante a pandemia, sempre estivemos entre os cinco estados que mais aplicaram os imunizantes, resultado do esforço das nossas equipes de saúde e esse trabalho não para porque vacinas salvam vidas”, frisou.

A secretária executiva de Saúde, Renata Nóbrega, destacou que o projeto foi fundamental para a implantação do Vacina Mais Paraíba. “Nós tivemos 25 municípios da primeira região de saúde participando do projeto que inspirou o Vacina Mais Paraíba, uma ação que chegou a todo o estado e tem eixos de comunicação para fazermos o trabalho de educação na saúde, com atuação também nas comunidades quilombolas e indígenas. Nós já temos excelentes resultados porque fomos o segundo estado a alcançar  a meta de vacinação contra a influenza e fomos o primeiro estado a atingir a meta de vacinação contra a poliomielite”, pontuou.

De acordo com a coordenadora do Departamento de Estudos Clínicos, Assuntos Médicos e Vigilância Pós-Registro de Bio-Manguinhos e do Projeto Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais, Lurdinha Maia, o encontro revisitou os métodos utilizados pelo PRCV em suas ações nos estados contemplados pelo Projeto, além de demonstrar a importância das redes locais de apoio aos Planos Municipais pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais e reafirmar o compromisso do estado com a sustentabilidade das ações realizadas. “O PRCV fez a sua parte ao discutir com profissionais dos territórios as diferentes causas que estavam levando às baixas coberturas e com eles desenhar e implantar estratégias Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais. Estratégia diferenciada que teve início com uma grande pactuação social, envolvendo o poder público e a sociedade civil, mobilizando atores no Amapá e na Paraíba, incluindo as que tinham capilaridade nacional, bem como o Estado com papel estratégico, pois é a garantia de que as ações terão continuidade. Agora, chega a hora de concluirmos o projeto, mas o protagonismo da mudança continuará nas mãos dos profissionais de saúde e destas redes de apoio que formamos ao longo destes dois anos de luta”, celebrou.

O pesquisador do Instituto Bio Manguinhos/Fiocruz, Akira Homma, evidenciou a importância da união de esforços para garantir a vacina no braço da população. “Foram estas crenças que nos guiaram e nos levaram a desenvolver as ações do PRCV. O projeto agora se encerra, mas nosso compromisso de continuar protegendo a saúde pública permanece forte. Acreditamos na força da colaboração das instituições públicas e privadas pela reconquista das altas coberturas vacinais”, observou.

O PRCV foi uma iniciativa do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) em parceria com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) que atuou no estado do Amapá e em 25 municípios da Paraíba de forma piloto e com ações estruturantes e de comunicação visando o aumento das coberturas vacinais de forma a atingir as metas preconizadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Ao longo de dois anos de atuação, o PRCV adotou uma estratégia diferenciada, com protagonismo dos atores locais e fortalecimento de uma grande rede colaborativa, em torno da elaboração e execução de Planos Municipais Pela Reconquista das Altas Coberturas Vacinais e da constituição de redes locais de apoio a esses planos, que agora ficarão responsáveis por buscar a manutenção das ações nestes estados.