TRE-PB julga improcedente Aije contra irmãos Cartaxo, Romero e Micheline Rodrigues

TRE-PB julga improcedente Aije contra irmãos Cartaxo, Romero e Micheline Rodrigues

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), por unanimidade, julgou improcedente, uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o ex-candidato ao Governo do Estado em 2018, Lucélio Cartaxo (PV); a ex-candidata a vice, Micheline Rodrigues (PSD); os ex-prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV) e Romero Rodrigues (PSD), além de ex-secretários municipais das gestões de Campina e João Pessoa.

A AIJE apurava a prática de supostos abusos de poder econômico, que teriam sido cometidos por parte das prefeituras de Campina Grande e João Pessoa, com a contratação de servidores por excepcional interesse público e agências de publicidade.

A ação pedia a condenação dos investigados e a suspensão dos direitos políticos e havia sido proposta pela coligação “A Força do Trabalho”. O relator do processo, desembargador Leandro dos Santos, não acatou os argumentos da ação e foi seguido pelos demais membros  do TRE-PB.

Comentários

Outras Notícias