Paraíba vai receber R$ 200 milhões em emendas da bancada federal para 2022

Paraíba vai receber R$ 200 milhões em emendas da bancada federal para 2022

O coordenador da bancada paraibana no Congresso Nacional, deputado Efraim Filho, afirmou que foi confirmada nesta semana mais de R$200 milhões para o orçamento federal de 2022. Os recursos são fruto de quinze emendas aprovadas no âmbito do orçamento impositivo, o qual o governo tem obrigação de executar. As principais áreas contempladas foram a saúde (R$ 127 milhões), abastecimento de água (R$ 32 milhões), infraestrutura (R$ 31 milhões) e educação, com Universidades e IF (R$ 24 milhões).

Para Efraim, a bancada federal deu uma demonstração de coesão, maturidade e unidade. “Ao defender a Paraíba e buscar recursos e investimentos para o nosso Estado, as bandeiras políticas ficaram em segundo plano. O que importa é a bandeira da Paraíba”.

As emendas foram definidas a partir de reunião dos senadores e deputados paraibanos, que contou com a participação do governador João Azevêdo, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino, do vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra, do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, de dezenas de outros prefeitos e vereadores, e também de representantes da UFPB, UFCG, UEPB, IFPB e PRF.

Dentre as demandas apresentadas pelo governo do Estado, a bancada aprovou os recursos necessários para iniciar a construção da Adutora do Brejo, obra estimada em R$100 milhões. O investimento garantirá o abastecimento de água em dezenas de municípios do brejo paraibano, passando por Arara, Comunidade Campinote, Esperança, Montadas, Remígio, Areial, Solânea, Bananeiras, São Sebastião de Lagoa de Roça e Casserengue.

Ainda no eixo da segurança hídrica, foi aprovado outros R$22 milhões a serem aplicados pela Codevasf na implantação de soluções de abastecimento de água.

Outra prioridade apresentada pelo governador João Azevêdo foi no sentido de alocar recursos adicionais para manutenção das ações de saúde, principalmente de média e alta complexidade, ampliadas com centenas de leitos, inclusive de UTI, instalados desde o ano passado para combate à Covid-19.

Para atender esta e outras demandas da área de saúde, foram cerca de R$127 milhões, sendo R$79 milhões para manutenção das ações de atenção básica e especializada, R$29 milhões para aquisição de equipamentos de alta complexidade e R$16,6 milhões para reformas no Hospital Universitário Lauro Wanderley (UFPB), em João Pessoa.

A área de educação também foi atendida com investimentos de mais de R$24 milhões, que serão aplicados na expansão e na melhoria da infraestrutura dos campi da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), e ainda da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Destaca-se ainda a aprovação de R$20 milhões que serão adicionados aos R$7 milhões já alocados no orçamento do DNIT para a continuidade das obras de duplicação da BR-230. Os investimentos serão aplicados na execução dos viadutos e das vias marginas no trecho que compreende o entroncamento da BR-104/408/PB-095 em Campina Grande até o entroncamento com a BR-110/361 em Patos.

Foram aprovados ainda recursos para continuidade das obras de construção do aeroporto de Patos, em execução pelo governo do Estado e iniciada com recursos aprovados no ano passado.

A bancada federal também atendeu importantes demandas das prefeituras de Campina Grande e de João Pessoa, aprovando R$5,3 milhões para obras de qualificação viária em João Pessoa, a serem aplicados em pavimentação, drenagem, sinalização, iluminação, execução de calçadas, ciclovias e ciclo faixas. Já outros R$4,8 milhões foram alocados para as obras de revitalização da Feira Central de Campina Grande, projeto que vai proporcionar à população, aos turistas e aos comerciantes melhorias de acessibilidade, mobilidade, conforto, segurança e salubridade, preservando as características históricas e culturais e patrimoniais da feira.

Fonte: Com Mais PB

Comentários

Outras Notícias