Morre o jornalista Eduardo Carneiro vítima da Covid-19

Morre o jornalista Eduardo Carneiro vítima da Covid-19

Morreu neste sábado (1º) o jornalista Eduardo Carneiro, vítima de Covid-19. Ele estava internado em um hospital particular de João Pessoa desde o início de março para tratar a doença e nos últimos dias lutava contra as consequências do vírus. Ele iria completar 52 anos no dia 7 de maio.

“Obrigada a todos pelas orações por sua recuperação. Continuem rezando para que Deus conforte a todos os amigos e familiares diante dessa perda”, disse a família, em nota à imprensa.

Natural de Mulungu, no interior da Paraíba, Eduardo ocupava o cargo de assessor de comunicação na Câmara Municipal de João Pessoa e era responsável pela rede de pizzarias Capitão Farinha, na Capital.

Antes, foi secretário de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa na gestão de Luciano Cartaxo e editor de radiojornalismo da Rede Correio Sat.

Eduardo também foi chefe de gabinete de Lena Guimarães na Secretaria de Comunicação do Estado durante a terceira gestão de José Maranhão no Governo da Paraíba.

Em nota, a Associação Paraibana de Imprensa (API) lamentou a morte do jornalista. “Eduardo Carneiro se destacou como profissional de imprensa a partir de João Pessoa, mas o que chamava atenção em sua personalidade era a humildade e a gentileza com que tratava os colegas, sempre se colocando a disposição para ajudar e a ensinar os mais jovens. É uma perda irreparável para a imprensa paraibana. A API se solidariza com todos os familiares e amigos”, disse a associação.

Comentários

Outras Notícias