Entre 'tuitadas',Yang Wanming 'provoca' e Queiroga 'contorna' gafe sobre insumos

Entre 'tuitadas',Yang Wanming 'provoca' e Queiroga 'contorna' gafe sobre insumos

O embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, e o Itamaraty trocaram amabilidades no Twitter, na noite de sábado, 22. As postagens procuraram contornar uma gafe cometida pelo Ministério da Saúde em mensagem postada também ontem, um pouco mais cedo, na mesma rede social, informando a respeito da chegada de insumos para a produção de vacinas da AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) "do exterior".

Em resposta, o embaixador chinês reproduziu a postagem feita pelo Ministério da Saúde em sua página, com citação genérica à origem dos insumos sublinhada e citando de forma irônica um provérbio atribuído a Confúcio, filósofo chinês que enaltecia a importância da  moralidade pessoal e governamental, bem como os procedimentos corretos nas relações sociais, a justiça e a sinceridade.

Yang Wanming chamou atenção para a colaboração entre os países e falou: "Confúcio disse, feito para amigos, fiel à sua palavra."

Por meio de seu perfil pessoal, o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respondeu ao diplomata: "Agradecemos sempre o apoio do senhor nesse momento de dificuldade sanitária. O Ministério da Saúde espera ter sempre a sua parceria para essa e futuras ações".

Comentários

Outras Notícias