Congresso cobra segurança para atos de 7 de setembro

Congresso cobra segurança para atos de 7 de setembro

O Congresso e o STF (Supremo Tribunal Federal) cobraram do governo do Distrito Federal o reforço no esquema de segurança para as manifestações pró-governo Jair Bolsonaro para o feriado de 7 de setembro. As informações são da Folha.

Segundo a reportagem, o Parlamento quer que seja adotada para os atos do Dia da Independência a mesma tática das posses presidenciais, o PRTI (Protocolo de Reação Tática Integrada), usado em grandes manifestações.

Tanto o Supremo quanto o Senado estão preocupados com a possibilidade de haver episódios de violência por conta da expectativa de um grande comparecimento de aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e da infiltração de policiais militares.

Ainda de acordo com a Folha, o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), deve decidir até o fim da próxima semana qual será o esquema de segurança adotado. Também foi manifestado ao governador por congressistas que agentes de segurança possam ser condescendentes com ataques aos Poderes.

Comentários

Outras Notícias