Cícero visita postos de vacinação e anuncia atendimento noturno para agilizar segunda dose; Saúde emite nota sobre vacinas aplicadas em João Pessoa

Cícero visita postos de vacinação e anuncia atendimento noturno para agilizar segunda dose; Saúde emite nota sobre vacinas aplicadas em João Pessoa

O prefeito Cícero Lucena visitou, na manhã deste sábado (24), diversos postos onde estão sendo aplicadas a segunda dose da vacina contra a Covid-19, em pessoas que tiveram a primeira aplicação do imunizante até o dia 16 de março. Na ocasião, o gestor ainda afirmou que haverá um ‘corujão de vacinação’, a partir das 20h deste sábado até às 20h do domingo, em dois pontos drive thru com a chegada de novas doses da vacina Coronavac/Butantan, prevista para o final da tarde. 

"Esta é a nossa função: ao receber as vacinas, realizar a sua aplicação de forma rápida, segura e confortável, respeitando as pessoas", destacou Cícero. O gestor explicou que foram recebidas 3.500 doses, que estão sendo aplicadas neste sábado. 

A previsão de entrega de novas doses é para o final da tarde. Caso isso se confirme serão organizados pontos de aplicação ainda na noite de sábado. "Nos preparamos para vacinar hoje à noite com dois postos drive thru e neste domingo (25) durante todo o dia em 39 pontos", explicou. Durante a noite a aplicação acontece, neste sábado e domingo, na Igreja Universal e no Mangabeira Shopping. 

Neste sábado a população está sendo atendida em sete postos – cinco ginásios (8h às 12h) e dois do modelo drive thru (9h às 15h). A organização das prioridades tem sido feita de acordo com a data de aplicação da primeira dose, garantindo a segunda aplicação no prazo mais rápido possível daquele estabelecido pelo laboratório responsável pela vacina. 

O aposentado Francisco Sobrinho, de 74 anos, recebeu a vacina no Centro Cultural de Mangabeira e ficou animado por estar imunizado. "Eu estou muito tranquilo e já estou querendo ir pro Sertão passear e trabalhar", brincou.

O vice-prefeito Leo Bezerra destacou que, além de visitar os postos em funcionamento, foi feita uma visita técnica a pontos que devem vir a funcionar, como na UFPB e Unipê. "Isso mostra o planejamento e a celeridade para que funcione da melhor forma e possamos vacinar a maior quantidade possível de pessoas", declarou.

Apresentações - Quem procurou os postos de vacinação neste sábado ainda teve a oportunidade de curtir atrações culturais, numa ação coordenada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). Se apresentaram os artistas Mô Lima, no Santuário Mãe Rainha; Glauco, no Ronaldão; Oliveira de Panelas, no Centro Cultural de Mangabeira; e Ian Gonçalves, na Escola Seráfico da Nóbrega, em Tambaú.

Confira Nota: 


A Secretaria Municipal de Saúde deixa claro que não houve aplicação de vacina de um laboratório como sendo de outro em João Pessoa. Uma matéria publicada no jornal Folha de S. Paulo afirma que 806 pessoas teriam recebido vacinas de fabricantes diferentes no Município de João Pessoa. Isso não ocorreu. Os dados divulgados pela Folha de S. Paulo possivelmente são resultado de falhas no início do processo de vacinação quando os registros eram feitos manualmente no papel e depois digitados no sistema informatizado para serem enviados ao Ministério da Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que nenhum posto de vacinação utiliza ao mesmo tempo os imunizantes de fabricantes diferentes, justamente para evitar qualquer chance de um incidente desse tipo. Por conta disso, se baseia no que está descrito no cartão de vacinação. Se houver alguma divergência entre o que está no cartão e no sistema, prevalecerá o que está no cartão de vacinação. Atualmente, o processo de vacinação utiliza o aplicativo Vacina João Pessoa, o que garante a fidelidade dos dados do vacinado que são enviados em tempo real ao Sistema Único de Saúde. Com esse avanço, as divergências identificadas nos dados são corrigidos prontamente e o usuário terá a certeza de ser chamado a se vacinar no momento certo. Isso porque o aplicativo Vacina João Pessoa garante a segunda dose até para quem perder o cartão de vacinação.

Comentários

Outras Notícias