Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Luciano Cartaxo tem pré-candidatura a prefeito de João Pessoa homologada pelo PT; ala contrária emite nota em que classificam decisão como “erro tático”

O Partido dos Trabalhadores (PT) homologou nesta terça-feira (2) a pré-candidatura de Luciano Cartaxo a prefeito de João Pessoa. Cartaxo, que já foi prefeito da Capital por dois mandatos, concluindo sua gestão com aprovação de mais de 70% da população, disse estar honrado com a indicação, destacando que o partido vai vencer a disputa e garantir que João Pessoa volte a ter uma gestão que trabalhe de verdade para gerar mais desenvolvido para a cidade e qualidade de vida para as pessoas.

“Com muita honra e alegria recebo a missão de disputar a eleição e implementarmos novamente as políticas públicas defendidas pelo presidente Lula na nossa amada João Pessoa. Nossa cidade vinha num ritmo acelerado de crescimento e investimento nas pessoas. Nas gestões do ex-prefeito Ricardo Coutinho e nas minhas duas gestões como prefeito a cidade recebeu diversas ações e obras. A atual gestão simplesmente estagnou esse desenvolvimento. Olhamos para as mais diversas áreas e não vemos entregas do atual prefeito, não há uma marca que Cícero tenha deixado. É muita propaganda e pouca ação. Precisamos mudar isso, garantir que a administração volte seu olhar para o povo, que hoje está esquecido”, disse Cartaxo, destacando também as ações realizadas no seu mandato de prefeito.

Ala do partido, contrária a decisão emitiu uma nota pública em que relatam que não tiveream direito de opinar e que a candidatura imposta não os representa.

Veja nota pública:

O Partido dos Trabalhadores tem um grande desafio nas próximas eleições municipais. Será um momento crucial para avaliar a situação política do Brasil e o nível de embate com os setores conservadores e da extrema-direita. Para tanto, é necessário que a condução política tenha como estratégia a consolidação do projeto nacional, assim como agentes políticos capazes de unificar o partido nos milhares de municípios do país.

Dessa forma, a participação das instâncias municipais, estaduais, grupos políticos locais, setoriais, tendências, agrupamentos e a militância petista são fundamentais para que o projeto seja colocado em prática. Para a definição dos candidatos do nosso partido nos municípios, um calendário de atividades, encontros e prévias estava previsto. Mesmo sendo da nossa Direção Nacional a “última palavra” sobre tal posição, infelizmente, nem o direito estatutário da “primeira palavra” ou de opinar foi garantido às instâncias locais do PT de João Pessoa. Tudo isso divide o partido, além de enfraquecer e desestimular nossa militância.

No momento em que a candidatura a prefeito de João Pessoa é definida sem considerar a estratégia política nacional, a participação democrática das instâncias estadual e municipal, a opinião dos filiados, além de nossas regras estatutárias, fica evidente que tal candidatura não representa o projeto petista e não cumprirá o papel de enfrentar fortemente a extrema-direita. A imposição de uma candidatura que não respeita as regras e as instâncias locais do PT, sem diálogo com a esquerda e os setores progressistas, não será capaz de unificar o PT em João Pessoa, muito menos empolgar a militância e aqueles que têm a esquerda e o Governo Lula como referências.

Por fim, ao tempo em que acatamos a deliberação nacional, reafirmamos nosso compromisso com as transformações que Lula busca promover no Brasil. Mas é importante alertar que candidaturas impostas e que não representam os filiados do PT se configuram num erro tático que enfraquece o projeto nacional, podendo acarretar consequências graves para o nosso partido.

Assinam a nota os seguintes dirigentes do PT:

  • Marcus Túlio, Presidente do PT de João Pessoa
  • Jackson Macêdo, Presidente Estadual do PT PB
  • Antonio Trajano, Vice-Presidente do PT PB
  • Pedro Matias, Secretário Estadual de Juventude
  • Priscila Kely, Secretária Estadual de Mulheres
  • Felipe Santos, Secretário Estadual LGBTQIAPNB+
  • Tião da CUT, Presidente da CUT e Dirigente Estadual
  • Gustavo Pontinele, Executiva Estadual PT PB
  • Rita de Cássia, Executiva Estadual PT PB
  • Severino Ferreira dos Santos, Executiva Estadual PT PB
  • Ligia Pedroza, Executiva Estadual PT PB
  • Itamara Francisco, Executiva Estadual PT PB
  • Severino Leoncio, Dirigente Estadual PT PB
  • Elisa Peixoto de Macêdo, Dirigente Estadual PT PB
  • Rauny Aguiar, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Maria Eduarda, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Patricia Larrissa, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Gilvanildo Pereira, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Lurdes Sarmento, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Tatiane Campos, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Tiago Bastos, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Fernando Cunha, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Suelene Sousa, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Adriano Almeida, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Mariá Marques, Dirigente Municipal PT João Pessoa
  • Alexandre Guedes, Dirigente Municipal PT João Pessoa

[the_ad_group id="136"]