Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Defesa diz que Bolsonaro entregará passaporte e cumprirá ordem de não manter contato com investigados; auxiliar paraibano estava com o ex-presidente

O advogado Fábio Wajngarten, que representa o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), disse nesta quinta-feira (8) que ele vai entregar o passaporte após a operação da Polícia Federal que mira o ex-presidente, ex-ministros e militares, por tentativa de golpe de Estado.

A operação foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Na decisão, ele determinou a entrega do passaporte de Bolsonaro e o proibiu de manter contato com outros investigados. Segundo Wajngarten, as duas medidas serão cumpridas.

“Em cumprimento às decisões de hoje, o Presidente Jair Bolsonaro entregará o passaporte às autoridades competentes. Já determinou que seu auxiliar direto, que foi alvo da mesma decisão, que se encontrava em Mambucaba, retorne para sua casa em Brasília, atendendo a ordem de não manter contato com os demais investigados”, escreveu em uma rede social.

O auxiliar citado por Wajngarten é o paraibano Tércio Arnaud Tomaz, que estava com o ex-presidente em uma casa em Angra dos Reis (RJ) no momento da operação, e também é investigado. Ele teve o celular apreendido.

Com G1