Pesquisa da UFPB aponta que a Câmara de Santa Rita lidera gastos com diárias para vereadores e servidores em 2019

Pesquisa da UFPB aponta que a Câmara de Santa Rita lidera gastos com diárias para vereadores e servidores em 2019

A Câmara Municipal de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, foi a casa legislativa da Paraíba que mais gastou com diárias de servidores e vereadores em 2019, segundo um levantamento feito por um grupo de pesquisa do curso de gestão pública da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O estudo analisou as despesas feitas por cada uma das 223 câmaras municipais da Paraíba para identificar quais foram e como foram os gastos com as diárias em cada uma delas. Para a pesquisa, foram considerados os gastos de 139 câmaras que empenharam valores com diárias no ano passado, uma vez que não foram feitos gastos deste tipo em 84 câmaras municipais da Paraíba.

Segundo a pesquisa, dos mais de R$ 7,6 milhões gastos pela câmara de Santa Rita em 2019, R$ 619,3 mil foram com diárias. A diferença do valor gasto na casa legislativa do município com a segunda câmara que mais gastou, que foi Cabedelo (R$ 152,7 mil), é de mais de R$ 460 mil. A câmara com menos gastos com diárias em 2019 foi a de Olho D’Água, que usou R$ 80, dos R$ 746 mil gastos no ano, com diárias.

Santa Rita também aparece em primeiro lugar em relação ao percentual do total de despesas que foram destinadas a diárias. Na câmara do município, 8,13% das despesas de 2019 foram com diárias. Em segundo lugar aparece a câmara municipal do Conde, que destinou 3,11% dos gastos de 2019 com diárias.

Outro levantamento feito pelos pesquisadores em que a cidade de Santa Rita aparece no topo é em relação ao número de pessoas beneficiadas. No estado, foram 644 vereadores/servidores beneficiados com diárias, sendo que em Santa Rita foram 46, que, ao longo do ano, receberam em média R$ 13,4 mil em diárias.

Na análise do número de diárias concedidas por câmara municipal, a cidade aparece mais uma vez em primeiro lugar. Foram 164 diárias concedidas em Santa Rita em 2019. Em segundo lugar está Aparecida (140 diárias), seguida de Araruna (95), Alagoa Grande (82) e Sapé (78).

Por fim, os pesquisadores também calcularam o valor médio de diárias e a cidade também está em primeiro lugar, com R$ 3,7 mil de valor médio da diária no ano. João pessoa teve R$ 3,1 mil em média por diárias, Cabedelo R$ 2,9 mil, Conde R$ 2,4 mil e Princesa Isabel R$ 2,1 mil.

O único comparativo em que Santa Rita não aparece em primeiro lugar é em relação ao gasto médio por habitante para custear as diárias, onde a casa legislativa da cidade aparece em segundo lugar, atrás do Conde, com gasto de R$ 4,55 por habitante, dois centavos a menos que Santa Rita.

Comentários

Outras Notícias