Operação Xeque-Mate: 14 réus devem serem ouvidos na retomada das audiências

Operação Xeque-Mate: 14 réus devem serem ouvidos na retomada das audiências
ASCOM/TJPB

Na manhã desta segunda-feira (1º) recomeçam as audiências da “Operação Xeque-Mate” no município de Cabedelo-PB. Ao todo deverão serem ouvidos nove réus e mais cinco colaboradores da suposta organização criminosa.

Na semana passada, foram ouvidas 18 pessoas, sendo (5) de acusação e (13) de defesa. O juiz Henrique Jorge Jácome de Figueiredo, da 1ª vara é o coordenador das oitivas.

No bojo das investigações, a acusação denuncia a formação de uma organização criminosa com prática de vários crimes, com destaque para a compra e venda do mandato do ex-prefeito de Cabedelo, José Maria Lucena Filho (Luceninha) que acabou renunciando o cargo. No processo envolve ainda financiamento de campanha, contratação de servidores fantasmas; e esquema de recebimento de dinheiro desviado de funcionários.

Estão confirmados como réus Marcos Antônio Silva dos Santos, Leila Maria Viana do Amaral, Jaqueline Monteiro França (ex-presidente da Câmara e esposa de Leto Viana), Adeildo Bezerra Duarte Figueiredo da Silva, sendo que estes respondem em liberdade. Os réus, Wellington Viana França (Leto Viana), Antônio Bezerra do Vale Filho, Lúcio José do Nascimento Araújo, Inaldo Figueiredo da Silva e Tércio Figueiredo Dornelas Filho continuam presos.

O Ministério Público apresentou mais outras cinco denúncias da ‘ORCRIM’ e todas foram aceitas pela justiça.

Comentários

Outras Notícias