Na Paraíba: Enfermeira poetisa cria 'Cordel do Coronavírus' com dicas de prevenção

Na Paraíba: Enfermeira poetisa cria 'Cordel do Coronavírus' com dicas de prevenção

Um cordel para conscientização à prevenção do novo coronavírus foi escrito pela poetisa e enfermeira especialista em saúde mental Anne Karolynne Santos de Negreiros, de 30 anos, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. De acordo com a autora, os versos podem sensibilizar a população de forma diferente.

A campinense atua desde 2010 como enfermeira, mas desde a faculdade já trabalhava com a literatura de cordel na promoção da saúde e prevenção de doenças. Atualmente, a enfermeira trabalha no Hospital Municipal Pedro I, no setor de referência para tratamento de usuários suspeitos de Covid-19 em Campina Grande. "Desde 2019, eu fazia cordéis para oficinas sobre temas como drogas na adolescência, hipertensão, medicamentos, saúde mental. Inclusive, minha monografia foi sobre saúde mental", explicou Anne.

 

"Eu uso o saber da enfermagem, com a arte da literatura de cordel para, sobretudo, passar informação para todas as pessoas. Quando eu comecei a ver as notícias sobre a pandemia do coronavírus, pensei que além de me prevenir, poderia ajudar a outras pessoas a fazerem o mesmo", disse.

A poetisa explicou que no processo de criação dos cordéis com temas relacionados à saúde procura alertar as pessoas sobre atitudes preventivas importantes. "Já fiz cordéis sobre a importância de lavar as mãos, sobre a zyka, a H1N1 e várias outras doenças. Todos precisam fazer sua parte", afirmou a enfermeira.

Segundo Anne, todas as suas poesias e versos trazem a força do nordeste, reflexões sobre a vida e temas voltados para educação em saúde. A poetisa escreveu o livro “Poesia popular: ferramenta de inclusão na saúde mental” (EDIFS, 2019) e publicou cordéis ilustrados através do Ministério da Cultura.

A escritora desenvolve o projeto Cordel Personalizado nas redes sociais, onde são publicadas as mais de 150 biografias rimadas através da literatura de cordel.

Fonte: Com informações do G1 PB

Comentários

Outras Notícias