Defensor público Fernando Enéas fala em descaso e cobra mais empenho das instituições com as causas populares

Defensor público Fernando Enéas fala em descaso e cobra mais empenho das instituições com as causas populares

Com atuação no Fórum Regional de Mangabeira, em João Pessoa, o defensor público Fernando Enéas concedeu entrevista na tarde desta segunda-feira (19), ao Programa Debate Sem Censura, na Rádio Sanhauá e falou dos descasos no atendimento aos menos favorecidos por parte dos poderes públicos e dos precários serviços oferecidos e das condições a que são submetidos os que buscam a justiça gratuita e os abnegados defensores que não dispõem se quer de uma sala própria para atender naquela unidade e que não é uma situação isolada, mas uma realidade gritante  brasileira com ressalvas para a Paraíba e de forma específica, Enéas cita a falta de acessibilidade e o não funcionamento dos elevadores no referido Fórum.

Conhecido pelos embates em defesa dos Direitos Humanos e com trabalho nas comunidades, Fernando Enéas diz que a função de Defensor Público para ele funciona como um verdadeiro sacerdócio e com satisfação e desejo de contribuir com quem precisa não mede esforços para ir além do que as condições que lhe são impostas.

Perguntado sobre a atuação e questões referentes à sua categoria, Dr. Fernando Enéas disse ser indiferente, reconhece o empenho dos colegas, mas que busca cumprir o seu papel e de forma especial lutar pelas causas que abraça como suas e tenta ser o melhor possível na jornada em defesa dos que buscam pelos seus serviços e que têm seus direitos negados e não dispõem dos meios para buscá-los.

 

Comentários

Outras Notícias