Coronavírus:Governo da Paraíba começa distribuição de quase 3 milhões de máscaras nesta segunda

Coronavírus:Governo da Paraíba começa  distribuição de quase 3 milhões de máscaras nesta segunda

Começa nesta segunda-feira (25) a distribuição das máscaras reutilizáveis adquiridas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) por meio de edital em caráter emergencial. Elas serão distribuídas nas filas dos bancos, entre as pessoas que irão receber o auxílio do Governo Federal. A agenda tem a finalidade de efetivar as ações de vigilância em saúde com foco na prevenção e redução de contágio pelo coronavírus.

A distribuição vai começar por Campina Grande com o primeiro lote que chegou da compra feita pelo Governo do Estado e vai servir pra atender a população mais vulnerável.

No total, serão quase três milhões de máscaras divididas entre as três macrorregiões de saúde, sendo:

         ▪1ª Macrorregião de Saúde (região de João Pessoa): 1.369.860;

  • 2ª Macrorregião de Saúde (região de Campina Grande) - 806.802;
  • 3ª Macrorregião de Saúde (região de Patos e Sousa) - 798.504.

De acordo com a secretária executiva de Saúde da Paraíba, Renata Nóbrega, a SES já recebeu 9 mil máscaras para serem distribuídas na 2ª Macro. “As máscaras de tecido, desde que confeccionadas em dupla camada, se mostram eficazes no combate ao coronavírus. Já organizamos com a região de Campina Grande a entrega nas filas dos bancos a partir desta segunda-feira”, pontua.

A ação será realizada em parceria com o Procon Estadual e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), que atuam como coordenadores dessa distribuição, e consiste na entrega de um pacote com duas máscaras para cada pessoa que estiver na fila dos bancos para receber os pagamentos do auxílio emergencial e do Bolsa Família.

A ação desta semana será realizada em três pontos:

  • Agência da Caixa Econômica do Centro
  • Agência da Getúlio Vargas
  • Agência da Avenida Canal

No ato de entrega, as pessoas que receberem as máscaras preencherão um formulário com nome e CPF para prestação de contas da entrega, como forma de transparência do Governo do Estado nas ações de combate à pandemia.

Segundo o secretário da Sedh, Tibério Limeira, a ação é para potencializar a proteção da população visto que há uma recomendação expressa das autoridades de saúde para o uso da máscara quando sair em locais públicos. Para ele, as filas dos bancos estão geralmente grandes. Para superintendente do Procon-PB, Késsia Cavalcanti, a ação se faz importante porque as filas dos bancos se configuram como um vetor de grande preocupação, sendo um local de aglomeração.

 

Comentários

Outras Notícias