Após vazamento de mensagens o PSOL exige apuração de ameaças contra David Miranda

Após vazamento de mensagens o PSOL exige apuração de ameaças contra David Miranda

A Executiva Nacional do PSOL usou a sua página oficial e suas Redes para falar das ameaças e pedir o afastamento do ministro Sérgio Moro.  Leia na íntegra o texto do partido:

"As revelações trazidas a público pelo site The Intercept são graves e exigem severa investigação. Para garantir plena independência dos órgãos policiais o PSOL tem defendido a imediata demissão do Ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o afastamento dos procuradores da Lava Jato em Curitiba que estejam envolvidos em quaisquer atos que firam a lei.

A reação de parte dos apoiadores do governo de Jair Bolsonaro diante dessa situação é sempre atacar e difamar seus adversários, sem qualquer limite ético, apelando para toda a sorte de preconceitos. Mas além de ataques nas redes sociais – graves por si só – estamos diante de ameças de morte e tentativas de extorsão endereçadas ao companheiro David Miranda, Deputado Federal do PSOL do Rio de Janeiro, e sua família.

As ameaças, eivadas de homofobia e racismo, exigem 10.000 dólares e ameaçam de morte a mãe de David. Além disso, os autores das ameaças reivindicam participação no assassinato de nossa companheira Marielle Franco. Ameaças como essas têm levado várias pessoas a deixarem o país, temendo por sua segurança, como nosso companheiro Jean Wyllys.

O PSOL exige da Polícia Federal uma rigorosa investigação e a identificação dos autores das ameaças. Não podemos ver legitimada, mais uma vez, a prática da intimidação no Brasil. David Miranda, seus familiares e equipe têm todo o apoio do PSOL na luta pela verdade e pela justiça" Executiva Nacional do PSOL.

 

Fonte: Executiva Nacional do PSOL

Comentários

Outras Notícias