Advogado Harrison Tragino volta a afirmar que os votos depositados para o ex-governador inelegível serão considerados nulos

Advogado Harrison Tragino volta a afirmar que os votos depositados para o ex-governador inelegível serão considerados nulos

Entrevistado desta quinta-feira (12), no programa Intrometidos, o advogado Harrison Targino que atuou nos processos das Ações de Investigação Judicial Eleitoral contra o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), ainda decorrentes das eleições de 2014, voltou a afirmar de que os votos depositados para o candidato ‘sub judice’ a prefeitura de João Pessoa, Ricardo Coutinho serão nulos dada a decisão do TSE que o tornou inelegível por oito anos.

Para o advogado, o TSE pôs o ponto certo declarando a inelegibilidade, cassando a elegibilidade de Ricardo Coutinho, colocando-o dentre os condenados pela Lei da Ficha Limpa, “portanto o colocando no rol dos fichas-sujas e fazendo aplicar imediatamente a decisão”, explicou.

Targino afirmou que só lamentava que tenha demorado tanto o desenrolar do processo da sentença condenatória. “Pena que não se tenha visto o que estava a olhos fáceis de perceber e estava sendo denunciado por todos. Os descalabros, os abusos e essa sequência de fatos que a Paraíba hoje conhece em relação ao Governo de Ricardo Coutinho”, desabafou o advogado.

Comentários

Outras Notícias